Olhar Comum » Arquivo » curitiba na mira do fotógrafo – synval stocchero

curitiba na mira do fotógrafo – synval stocchero

expo_synvalstocchero_foto_gilsoncamargo_memorialdecuritiba_dez2010

Captadas por Synval Stocchero, de 1940 até 2007, cento e vinte imagens fundamentais para se compreender a expansão urbana de Curitiba a partir de meados da década de 1950 estão reunidas numa exposição organizada pela diretoria de Patrimônio Cultural da Fundação Cultural de Curitiba.

Nascido em Itaperuçu/PR, Stocchero veio para Curitiba com a família aos 3 anos. Seu gosto pelas fotos aéreas teve início aos 18 anos, quando passou a servir a Aeronáutica, enquanto desenvolvia o hábito de clicar de forma independente as transformações da cidade. Stocchero subia no alto dos edifícios, em obras ou já finalizados para registrar panoramas urbanos, além de produzir fotografias do cotidiano, de carros passando, pessoas atravessando a rua ou eventos como uma parada militar e uma corrida de lambreta. O fotógrafo foi profissional de jornais por um curto período, no início da década de 50 e também fazia fotos de estúdio e publicitárias.

Em 2009, os originais desta coleção editada pelo fotógrafo  – cerca de 400  imagens – foram disponibilizados por sua família e integrados ao acervo da Fundação Cultural de Curitiba.

foto_sinvalstocchero_curitiba1960s
Recepção à Miss Alemanha, em desfile na Rua XV de Novembro, na década de 1960. Foto: Synval Stocchero.

Tudo o que lembrei e viajei nas fotos de Synval Stocchero foi o que me deu alegria durante o processo de criar a exposição.
Lembrei do frio do dia da neve em 1975. Dos domos e do roxo dos anos 1970.
Viajei pela Rua XV, em uma época que eu não vivi, onde a “balada” era na rua à luz do dia, pela Cinelândia, pelo footing na menor e mais agitada avendia do mundo, a Luis Xavier.
Lembrei da minha avó contando que o cavalo deles fugiu da Rua Sete de Abril e foi encontrado pastando em frente a universidade, na Praça Santos Andrade.
Dos anúncios em neon.
Viajei pelo olhar do fotógrafo, do instantâneo, do momento exato, época em que os filmes tinham que ser revelados e havia suspense na espera da imagem.
Pelas cenas de quando a cidade começava a se verticalizar e criar outras paisagens, outros ângulos. As imagens vistas do alto, novas perspectivas.
A cidade acabava logo ali, dava pra ver o horizonte e ele era palpável.
“Uma cidade sem portas, de casas sem armadilha” como diria Carlos Drummond de Andrade.
Agradeço a todos que me proporcionaram o prazer dessas alegrias.

Dóris Regina Teixeira – curadora

expo_synvalstocchero_foto_gilsoncamargo_memorialdecuritiba_dez2010b

A exposição permanecerá aberta até março de 2011, no Memorial da Cidade de Curitiba (Rua Claudino dos Santos, 79 – Largo da Ordem). De terça a sexta-feira, das 9 às 12 horas e das 13 às 18 horas; sábados, domingos e feriados, das 9 às 15 horas.

expo_synvalstocchero_foto_gilsoncamargo_memorialdecuritiba_dez2010a1
Panorâmica de Synval Stocchero (região central da cidade na década de 1960) em frente aos “Altares Retábulos*” do Memorial.

*Originários de Portugal, os altares são provavelmente do século 18. Acredita-se que vieram para Curitiba por ordem de Afonso Botelho de Sampaio e Souza, lugar tenente D`El Rey de Portugal, encarregado da conquista dos campos de Guarapuava. Confeccionados em madeira de cedro maciço, figuraram nas laterais da primeira igreja matriz de 1780 até 1876, quando foram transferidos para a igreja do Rosário, ali permanecendo até 1933. Abandonados com a reforma da igreja, foram recuperados e integrados ao acervo do Museu Paranaense. Desde 1996, os altares compõem a Capela dos Fundadores, do Memorial de Curitiba.



4 comentários para “curitiba na mira do fotógrafo – synval stocchero”

  1. doris disse:

    Valeu Gilson, uito obrigada! foi u prazer esta expô. ela fica até março. bjs

  2. daniele disse:

    As fotos são maravilhosas vale a pena visitar e viajar para Curitiba da década de 50

  3. Iara Teixeira disse:

    Maravilha de fotos Gilson, parabéns!

  4. Sergio disse:

    Olá meu Nome é Sergio….. Vi suas fotos,na Caixa Economica Federal do Parana, e gostaria de entrar em contato, porque tenho um Restaurante e gosto de colocar esse tipos de fotografia…..se puder me passe um Imail com Algum contato seu Obrigado Sergio Adalberto Teixeira……

Deixe seu comentário

Ao acessar, percorrer e utilizar o site www.gilsoncamargo.com.br e seus sub-domínios, você estará aceitando as condições e termos aqui expressos, sendo responsável único e exclusivo, perante terceiros, sobre a (i) veracidade, (ii) legalidade, (iii) exatidão e (iv) boa-educação das informações que prestar e gerar nas caixas de comentários, isentando o mantenedor da página, de forma irrevogável e irretratável, de qualquer reclamação oriunda do mau-uso da página, pelo usuário. Se tiver qualquer dúvida a respeito de tais atributos, não comente.