Olhar Comum » Arquivo » encafifados na copa – bloco residencial de carnaval

encafifados na copa – bloco residencial de carnaval

DSC_1088web

Bloco residencial de artistas curitibanos do teatro, música, dança e literatura, acendendo o espírito critico local sobre a Copa do Mundo 2014 e afinando a produção poética para disputar o hexa-campeonato.

O conjunto de canções de Octavio Camargo, em parcerias com Chiris Gomes, Thadeu Wojciechowsky, João Paes, Gustavo Proença e Odacir Mazzarollo, aborda o universo futebolístico brasileiro e resgata o imaginário coletivo musical de composições que marcaram época na história do futebol, utilizando-se de recursos da música erudita, como o desenvolvimento em forma de sonata, a falsa re-exposição e outras peripécias modulatórias. As canções estabelecem também um diálogo com as tradicionais marchinhas de carnaval de grandes expressões do samba nacional como Adoniran Barbosa e Nelson Cavaquinho.

São 11 sambas futebolísticos inspirados no antigo teatro de revista, carnavalizando o futebol e tematizando seus aspectos laterais, como a vida romântica, o estádio, a boemia, as manifestações, a arbitragem e a disputa política eleitoral que irá acompanhar a Copa do Mundo no Brasil em 2014.

O time de canções:

1 – Política e futebol
2 – Juvenal
3 – Manuel
4 – Manjubinha
5 – Senhora (o luar)
6 – Recado
7 – João de Deus
8 – Encafifados na Copa
9 – Gabriela
10 – Loteria (borboleta 13)
11 – O torcedor (salve o campeão)

Saxofone e gravações de áudio, Márcio Mattana.
Cavaquinho, Tiago Portella.

DSC_0888a

CLIQUE E OUÇA – Manuel
Octavio Camargo e João Paes

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Manuel, a vida nem sempre é um pote de mel
Nem todo o céu é céu de brigadeiro
Nem todo mês, fevereiro
Nem todo dia é carnaval
Tem hora que a gente tem que decidir
Se vai ou se fica, se chora ou se ri
O mundo pode acabar em menos de um minuto
E você vai ficar em segundo lugar neste mesmo instante
De nada vai adiantar sua disciplina militar
E esse olhar arrogante

Manuel, você chegou a um ponto crucial
Perdeu a linha, já não tem mais um plano
Pra que falar em volume alto?
Deixe de bancar o general
Nesta vida estamos todos juntos
Uns mais bem vestidos, outros mais mal
Pra que insistir em ser quadrado se o mundo é redondo?
Quanto mais sobe o coitado na pirâmide social, maior é o tombo
Sentados na patente soldado, almirante ou tenente
Tem a mesma moral

Manuel, a vida nem sempre é um pote de mel.

DSC_1021

CLIQUE E OUÇA – Juvenal
Octavio Camargo

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Meu amigo Juvenal anda passando por dificuldades
Ele que chegou nessa cidade com uma mão na frente e a outra atrás
Todos sabem seu valor, mas ele anda esquecido
Do quanto lhe custou para adquirir a sua propriedade
E um carro esporte, que era a alegria da rapaziada
Quando glorioso ele chegava no estádio para ver o seu time ganhar
Pobre Juvenal, hoje está passando muito mal

Juvenal, você foi um rei lá na baixada
A turma toda admirava a família bonita que você conquistou
Sem pedir nada à ninguém, com direito a uma amante argentina
Que ainda por cima se dava bem com a matriz
Pobre Juvenal, hoje está passando mal

Juvenal, você caiu no Alto da Glória
Bebendo cerveja no Dante, num gesto inconsequente
Assumiu publicamente um romance com uma moça de família
Que não era, mas, que bem poderia ter sido sua filha

Juvenal, vou lhe fazer uma visita de solidariedade
Levar junto umas biritas e uma passagem pra felicidade
Tenho parentes no interior, gente que não tem televisor
Mas que ainda tem um coração
E numa hora dessas não vão deixar de te dar a mão

Pobre Juvenal, pobre Juvenal, pobre Juvenal…

DSC_1015

CLIQUE E OUÇA – Política e futebol
Octavio Camargo

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Minha mulher não é de falar muito
Principalmente quando o assunto é política e futebol
Ela é muito instruída, teve a oportunidade rara
De fazer um curso de terceiro grau
Diz que só tem dois times no mundo
Disputando o campeonato Internacional
O das doces feministas oprimidas pela sociedade
E o truculento Grêmio dos machistas
Tem uma atitude crítica com as notícias da televisão
Sabe que por trás dos panos os candidatos traçam planos
Pra ficarem famosos como mocinhos ou vilões, tanto faz!
E eu que só aprendi com a vida
Vou seguindo seus conselhos
E evitando intrigas banais
Ela é muito legal
É de POA e eu sou seu fã
Estudou filosofia na Universidade Federal!



Deixe seu comentário

Ao acessar, percorrer e utilizar o site www.gilsoncamargo.com.br e seus sub-domínios, você estará aceitando as condições e termos aqui expressos, sendo responsável único e exclusivo, perante terceiros, sobre a (i) veracidade, (ii) legalidade, (iii) exatidão e (iv) boa-educação das informações que prestar e gerar nas caixas de comentários, isentando o mantenedor da página, de forma irrevogável e irretratável, de qualquer reclamação oriunda do mau-uso da página, pelo usuário. Se tiver qualquer dúvida a respeito de tais atributos, não comente.