Olhar Comum » Arquivo » ligia borba – cerâmicas

ligia borba – cerâmicas

expo_ligiaborba_ceramicas_ybakatuespacodearte_foto_gilsoncamargo_jul2007.jpg

é possível, que uma cortina (vapor ou tule) sobre os olhos de quem olha faça o que se conhece parecer nada conhecido, absolutamente ainda visto, novas espécies de tudo como se nada ainda tivesse sido catalogado e fosse imperioso fazê-lo. Todas as classes de coisas e seres em novíssimas classes de coisas, como as pessoas ao sol; ao longe, dentro do rio, parecendo pedras que se movem, ou como as borboletas que se mimetizam em céu e no meio da mata, quando clareira, voando variado e indisfarçável espetáculo, desafiando gravidade, velocidade e direção, parecendo que não se dirigem a lugar algum, em soluços arfando e nunca se sabe por quanto tempo e

expo_ligiaborba_ceramicas_ybakatuespacodearte_foto_gilsoncamargo_jul2007b.jpg

reflexos, folhas que bóiam em velocidades várias conforme as águas que as transportam descem e gélida gaivota volteando, abrindo o vôo em arco, ou reta, ralentando o céu, acima, em ampla concha acústica, se mostra diáfana matéria sem reverberação, e todos os sons perfuram o azul e perdem-se em incontáveis fugas na mais possível límpida e precisa música microtonal, quase números audíveis.

expo_ligiaborba_ceramicas_ybakatuespacodearte_foto_gilsoncamargo_jul2007a.jpg

Ybakatu Espaço de Arte – Curitiba/PR/Brasil – até 28 de julho de 2007
fotos: Gilson Camargo

expo_ligiaborba_ceramicas_ybakatuespacodearte_foto_gilsoncamargo_jul2007c.jpg



2 comentários para “ligia borba – cerâmicas”

  1. maria angela biscaia disse:

    você é uma estrela de primeira grandeza.
    me deu alimento para os próximos 20 anos.
    talvez, se eu pudesse passar mais um dia como aquele no pé do anhangava,
    eu poderia viver até os 90 anos.
    e se fosse possível mais um único dia, então eu poderia viver até os 110 anos.
    obrigada, ligia, por seu exemplo de coragem e generosidade.
    meus beijos .
    maria

  2. Celso Xavier disse:

    Prezadas Senhoras, prezados Senhores,
    o Setor Cultural da Embaixada do Brasil em La Paz recebeu mensagem convocatória da Prefeitura de La Paz (Alcaidía) para transmitir convite de participação no “Primer Encuentro Internacional de Ceramistas de Arte Popular”, a se realizar entre 6 e 28 de abril, no Museo Tambo Quirquincho, em La Paz, Bolívia.
    Dadas as restrições orçamentárias do Ministério das Relações Exteriores, não foi possível patrocinar a vinda de obras e/ou artistas do Brasil. No entanto, tendo em vista o interesse dos realizadores em ao menos registrarem o rico universo artístico dos ceramistas brasileiros, surgiu a idéia de exibir fotos de seus trabalhos. A impressão em grande formato (gigantografias) sobre suporte vinílico correrá às expensas da Alcaidía.
    Assim sendo, se houver interesse em participar, rogamos contatar-nos para acertarmos o envio de arquivo eletrônico devidamente identificado.

    Cordialmente,

    Celso Xavier,
    E-mail antonio.oliveira@itamaraty.gov.br ,
    Tel +591 216-6447, 6418 & 6403

Deixe seu comentário

Ao acessar, percorrer e utilizar o site www.gilsoncamargo.com.br e seus sub-domínios, você estará aceitando as condições e termos aqui expressos, sendo responsável único e exclusivo, perante terceiros, sobre a (i) veracidade, (ii) legalidade, (iii) exatidão e (iv) boa-educação das informações que prestar e gerar nas caixas de comentários, isentando o mantenedor da página, de forma irrevogável e irretratável, de qualquer reclamação oriunda do mau-uso da página, pelo usuário. Se tiver qualquer dúvida a respeito de tais atributos, não comente.