Olhar Comum » Arquivo » lingua madura – octavio camargo, bárbara kirchner e antonio thadeu wojciechowski – museu guido viaro – curitiba 03/08/10

lingua madura – octavio camargo, bárbara kirchner e antonio thadeu wojciechowski – museu guido viaro – curitiba 03/08/10

linguamadura_foto_gilsoncamargo_museuguidoviaro03_08_10curitiba

Na idade mídia, todas as griffes, à noitinha, são pardas. Eu torço por essa sociedade de pequenas tribos que estão trazendo de volta a alegria do combate, a felicidade de se morrer por uma causa justa, a glória de se deixar este mundo pela redenção dos irmãos e mais chegados. Já está mais do que na hora da gente parar de falar só em miséria econômica e começar um longo processo de cura da nossa mais avassaladora doença: a miséria moral, essa sim a grande vergonha nacional. Ou, para ser mais claro, a falta de ferramentas para pensar a si mesmo em relação ao outro, como se todos estivessem paralisados emocionalmente.

Mas, isso não tem importância. O que eu quero mesmo dizer é que há pouco mais de um ano eu conheci o Octavio, e em pouco tempo, formulamos uma rotina excepcionalmente criativa para nossas noitadas (a Bárbara está em quase todas). A receita é sempre a mesma: um cantinho, um violão, cerveja, cigarro, papel e muita conversa, pois é delas que nascem as canções.

Antonio Thadeu Wojciechowski / 2007

linguamadura_foto_gilsoncamargo_museuguidoviaro03_08_10curitiba4

CLIQUE E OUÇA – Língua Madura
(Antonio Thadeu Wojciechowski, Octavio Camargo, Bárbara Kirchner, Edson Nunes Monteiro e Ubiratan Oliveira)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

língua madura,
como vai a vida bendita e querida
ou anda sofrendo mais que mulher de vida fácil
conta pra nós qual é a sua, língua madura?
um homem de sua estatura
com toda essa envergadura moral
deveria andar de cabeça erguida
e nunca com a mão no bolso
procurando um drops
pra mulher bomba que vai explodir seu coração
diga então, língua madura, como vai a vida
bendita e querida
ou anda querendo subir de posto neste partido alto
e ser apanhado de pijama?
fica bacana
um homem de bem coberto de lama
completamente iludido
por um beijo no asfalto
por favor toma tento
não faça vergonha
se atrapalhando todo atrás de um isqueiro
pra acender por primeiro
o cigarro de quem não te ama

linguamadura_foto_gilsoncamargo_museuguidoviaro03_08_10curitiba2

CLIQUE E OUÇA  – Bitucas de Cigarro
(Octavio Camargo, Luiz Felipe Leprevost e Bárbara Kirchner)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

bitucas de cigarro de quem ocupou a mesa antes
tombos de escada de um só lance
pedrinhas rolando à toa na sarjeta
feito migalhas de broa que a nona distribui pros pombos
dentro de você vão meus escombros
tijolo por tijolo erguendo a penitenciária do consolo
e hoje não sei como me livrar desse rolo
dentro de você tô destruído, derrotado, deprimido, detonado
doido danado pagando por meu dolo
pois você não me deu teu colo
pois você não me deu seu colo

linguamadura_foto_gilsoncamargo_museuguidoviaro03_08_10curitiba5

CLIQUE E OUÇA – Assinalado
(poema: Cruz e Sousa; música: Antonio Thadeu Wojciechowski, Octavio Camargo e Bárbara Kirchner)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

tu és o louco da imortal loucura,
o louco da loucura mais suprema.
a Terra é a tua negra algema,
prende-te nela a extrema Desventura.
mas essa mesma algema de amargura,
mas essa mesma Desventura extrema
faz que tu’alma suplicando gema
e rebente em estrelas de ternura.
tu és o Poeta, o grande Assinalado
que povoas o mundo despovoado,
de belezas eternas, pouco a pouco…
na Natureza prodigiosa e rica
toda a audácia dos nervos justifica
os teus espasmos imortais de louco!

linguamadura_foto_gilsoncamargo_museuguidoviaro03_08_10curitiba3

CLIQUE E OUÇA – Ponto Final
(Antonio Thadeu Wojciechowski, Octavio Camargo e Bárbara Kirchner)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

vou botar um ponto final
chega de vírgulas
reticências
hífens e chaves
portas fechadas pra sempre
que eu me lembre de você
exclamações entre colchetes
aprisionando ilusões
tantas interrogações
travessões na garganta
e solidão

linguamadura_foto_gilsoncamargo_museuguidoviaro03_08_10curitiba10

A idéia é que o Troy Rossilho masterize tudo para um volume igual (os 4 discos estáo gravados com volumes distintos ) … de toda forma … acho que teremos que falar com ele de novo pra termos os dois cds masters em boa qualidade pra prensar na Grande Garagem que Grava. Serão 60 canções (4 discos mais 4 faixas bônus), divididas em 2 CDS duplos. A única previsão pra lançamento que temos é ser ainda neste ano de 2010 (falta (i) fechar as 2 masters (2 cds com 2 discos cada) com o Troy, (ii) o Thadeu entregar a revisão das letras pro Octavio terminar o PDF, (iii) falta a apresentação – também a cargo do Thadeu – e (iv) a capa, que vai ser feita pelo Solda.
Bárbara Kirchner

p-028_mg_1189-gv-1945-fotografo-lambe-lambe-esmeraldino-blasi-90x745cm-oleo-s-tela-acfamilia
Fotógrafo lambe lambe Esmeraldino Blasi – Guido Viaro, 1945 – 90×74,5 cm. óleo sobre tela – acervo da família

Acaba de me ocorrer uma outra verdade: a grande dor não só não se assoa, como é humorística. A grande dor, aquela que não tem nenhum consolo terreno, dança mambo. A pessoa pula, chacoalha e tem espasmos de mambo.
Nelson Rodrigues

CLIQUE E OUÇA – Vale de Lágrimas
(Antonio Thadeu Wojciechowski, Octavio Camargo e Bárbara Kirchner)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

eu gosto de vocês
mas não precisam se preocupar comigo
o meu caixão vai andando sozinho até o cemitério
a terra abrir-se-á para me receber
canelas juntas
como semente aos meus pés
o pó de cordas vocais esticadas na garganta
não tem nada a dizer
toda a vida é um mistério
não tem nada a dizer
que a gente leva a vida toda e não consegue desvendar
pois o caminhar equivale a um vale de lágrimas
nada além de um lampejo
apenas um desejo
alguém pagando mico pro realejo



15 comentários para “lingua madura – octavio camargo, bárbara kirchner e antonio thadeu wojciechowski – museu guido viaro – curitiba 03/08/10”

  1. Bárbara Kirchner disse:

    Gil,
    Ficamos lindos! Captura na medida, de mais um momento singular, meu irmão.
    Línguas Maduras profundamente agradecidos.
    Forte abraço,

  2. katia horn disse:

    bela postagem gil, bela postagem… grata por partilhar!
    e o que é esse vale de lágrimas? aiaiai!!…

  3. Língua Madura, por Gilson Camargo « Curitiba é um copo vazio cheio de frio disse:

    […] Veja a íntegra da postagem com o registro realizado pelo olhar do foto-poeta Gilson Camargo. […]

  4. gil disse:

    eh viva!
    o que é esse vale de lágrimas!? boa pergunta.

  5. Gi disse:

    como sempre, delicado e finíssimo!

    beijos

  6. foca disse:

    e que tal um vale-lagrimas?!

  7. jan disse:

    língua madura, para ouvidos maduros, capturados por um olhar maduro!

  8. Bárbara Kirchner disse:

    Isso! Um vale-lágrimas! Toda a vida é um mistério!

  9. Língua Madura « Curitiba é um copo vazio cheio de frio disse:

    […] PS. As fotos serão do Gilson Camargo, fonte deste registro fotográfico e respectivo post […]

  10. cláudio bettega disse:

    Lindos!!!

  11. pagu leal disse:

    Lindo!
    Parabéns a todos e pelo teu sensível poema/foto/registro.

  12. batista de pilar disse:

    Parabens as quatro almas maravilhosas que criararam esta canção,lcantada por esta bela cantora.Um abraço de coração deste poeta,que como voces ama amúsica e a poesia.

  13. batista de pilar disse:

    Parabéns para estas queridas quatro almas que criaram esta canção,cantada por esta bela vóz desta linda cantora.Um abraço de todo o coração deste poeta que como voces ama a música e a poesia.

  14. batista de pilar disse:

    meus parabéns de todo o coração.

  15. christian camargo freitas disse:

    oi tio
    entrei em seu saite e adorei suas musicas mesmo conhecidas me deichou alegre
    bjs chris
    seu sobrinho

Deixe seu comentário

Ao acessar, percorrer e utilizar o site www.gilsoncamargo.com.br e seus sub-domínios, você estará aceitando as condições e termos aqui expressos, sendo responsável único e exclusivo, perante terceiros, sobre a (i) veracidade, (ii) legalidade, (iii) exatidão e (iv) boa-educação das informações que prestar e gerar nas caixas de comentários, isentando o mantenedor da página, de forma irrevogável e irretratável, de qualquer reclamação oriunda do mau-uso da página, pelo usuário. Se tiver qualquer dúvida a respeito de tais atributos, não comente.